Book Chapters 20152018-03-30T15:03:17+00:00

Book Chapters
2018 | 2017 | 2016 | 2015 | 2014 | 2013

Babo, M.A. (2015). Ficcionalidade e processos comunicacionais. In Peixinho, A. T. et al., (Org.) (2015). 20 Anos de Jornalismo contra a Indiferença (pp.167-188). Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra.

Babo, M.A. (2015). As intermitências do intimo In Barros, N. e Martins, F. (coords.), Deslocações da intimidade (pp. 17-26). Porto, Family Film Project, Balleteatro/ Instituto de Filosofia, Grupo Estética, Política e Artes (UP).

Babo, M.A. (2015). Derrida e o Perdão. In Derrida, J.; Marcos, M.L.; Babo, M.A. e Santos, R. (org.). Lisboa: CECL/UNYLEYA, ebook, Colecção Cultura, Media e Artes Nº3, 294 p.

Baptista, C.; Sousa, J.P. (2015). Arnaldo Garcês and the Birth of Photojournalism in Portugal (1916-1918). In Repensar los valores clásicos del períodismo. El desafío de una profesión enredada. Sociedade Española de Periodística/Universidad San Jorge.

Barreto, A.M. (2015). The rise of relationship marketing with social media. In Tsiakis, T. (ed.), Trends and Innovations in Marketing Information Systems: Handbook of Research on Innovations in Marketing Information Systems (pp. 196-213). USA: Hershey, PA: Business Science Reference.

Bonixe, L. (2015). A rádio, o som e a infância – o relato de experiências de programas de rádio elaborados por crianças do pré-escolar In Brites, M.J., Jorge, A. & Santos, S. C., Metodologias Participativas – os media e a educação (pp. 149-158). Covilhã: Livros Labcom.

Cádima, F.R. (2015). Uma passagem pelo PIDC – Programa Internacional para o Desenvolvimento da Comunicação (2002-2004). In UNESCO, C. N. D. (ed.), UNESCO 70 Anos – Educação, Ciência, Cultura e Comunicação (pp. 96-99). Lisboa: ONU – Comissão Nacional da UNESCO.

Cádima, F.R. (2015). Sobre o digital: convergência, divergência, fractura In Cádima, F. R. & Sàágua, J. (eds.), Comunicação e Linguagem: Novas Convergências. Livro de homenagem ao Professor Adriano Duarte Rodrigues (pp. 265-286). Lisboa: NOVA FCSH.

Cascais, A.F. (2015). Comentário: A bioética, ou a crise das regulações: o que é dado à sociologia saber / fazer? In Carapinheiro, G. e Correia, T.(orgs.), Novos temas de saúde, novas questões sociais (pp. 31-38). Lisboa: Editora Mundos Sociais.

Coelho, P. (2015). A Investigação Jornalística em TV: algumas reflexões sobre o futuro do jornalismo televisivo. In Serra, P., Sá, S. E. F. & Washington, S. (eds.), A Televisão Ubíqua (pp. 105-123). Covilhã: Livros Labcom.

Cruz, M.T. (2015). Design e Pensamento. In Cunca, R. e Almeida, V. (coords.), Documentar Comentar o Design – Documenting Commenting Design. Lisboa: CIEBA.

Cruz, M.T. (2015). Da gravura e outros media na obra de Júlio Pomar. In Júlio Pomar Edição & Utopia. Documenta (pp. 53-77). Cadernos do Atelier – Museu Júlio Pomar.

Cunha, I.F. (2015). Imaginário Lusófono e portugalidade no consumo de massas em Portugal. In Martins, M.de L. (coord.), Lusofonia e Interculturalidade Promessa e Travessia (pp. 405-431). Edições Húmus.

Galhano, I. and Galvão, E. (2015). Nonverbal communication. In Franz Pöchhacker (ed.) Routledge encyclopedia of interpreting studies. London: Routledge.

Gomes, C. (2015). Ciberformance – a arte performativa como ponte entre o mundo atual e o virtual. In Terceño, J. R. (Coord.), Criações Audiovisuais Atuais (pp. 127-136). Porto: MediaXXI/Formal Press.

Gomes, C. (2015). Ciberformance – la performance como puente entre el mundo real y el virtual. In Terceño, J. R. (Coord.), Creaciones Audiovisuales Actuales (pp. 126-135). Madrid: Editorial Associación Cultural y Cientifica Iberoamericana.

Marcos, M. L. (2015). Timelessness and Timeliness. In Jacques Derrida. CECL/Unileya.

Marcos, M. L. (2015). Uma palavra de reconhecimento. In Comunicação e Linguagens: Novas Convergências.

Marcos, M. L. (2015). Desenho e Escrita (Drawing and Writing). In A Escrita do Eu: A Literatura como Laboratório de Vida. Coimbra: Coimbra University Press.

Mateus, S. (2015). Public and Multitude- the (un)expected relation In Torres e Mateus (ed.), From Multitude to Crowds: collective action and the Media. Frankfurt am Main, Peter Lang.

Mateus, S. (2015). Os Estudos em Comunicação entre o Campo e a Disciplina – o imperativo do paradigma comunicacional, In Cádima, F.R. e Sáágua, J. (org.), Comunicação e Linguagem: Novas Convergências – Livro de homenagem ao Prof. Adriano Duarte Rodrigues.

Mateus, S. (2015). There is no outside of communication -Metacommunication at the light of Derrida’s graphematic structure of communication. In Marcos, M.L., Babo, M.A., Santos R. (org.), Jacques Derrida. CECL/Unileya.

Medeiros, M. (2015). Re-working Family Memories: snapshot, identity and telepathy in Vivan Sundaram’s Re-take of Amrita. In Medeiros, M., Mendes Flores, T. & Leal, J. (eds.). Photography and Cinema: on the 50 Years of Chris Marker’s La Jetée  (pp. 39-51).  1ª ed. Vol. Único. Londres: Cambridge Scholars Publishing.

Medeiros, M. (2015). A fotografia e a indisciplina dos seus objectos”/ “Photography and the disruption of its objects” In Medeiros, M. & Tavares, E. (eds.), Tesouros da Fotografia Portuguesa do Século XIX/ “Treasures of xix century Portuguese Photography (pp. 39-51). Lisboa: MNAC – Museu do Chiado, Vol. Único.

Medeiros, M., Mendes Flores, T., & Cunha Leal, J. (Eds.) (2015). Photography and Cinema. 50 Years of Chris Marker’s La Jetée. Cambridge Scholars Publishing.

Mendes Flores, T. (2015). Stereoscopy, Film and the Time Image. An Improbable Encounter: Paz dos Reis and Chris Marker’s Photographic Films. In Medeiros, M.; Mendes Flores, T. & Leal, J.L. (Eds.), Photography and Cinema. 50 Years of Chris Marker’s La Jetée (pp. 44–76). Cambridge Scholars Publishing.

Santos, J. M. F. & Cruz, H. (2015). O gosto do Outro pelo nosso gosto – o caso dos neo-residentes em espaço algarvio. In Santos, N. e Cravidão, F. (Coords.), Gastronomia e Vinhos do turismo de experiência à experiência pelo turismo (pp. 131-149). 1ª ed. Vol. 1- cap.8. Coimbra: Edições Minerva.

Silva, M.T. & Cádima, F.R. (2015). Novas convergências digitais, novos perfis e competências, In Cadima, F. (ed.), Era Digital: Primeiros Impactos (pp. 45-54). Lisboa: Media XXI / Formalpress.