Cláudia Madeira modera debate sobre “Hiroshima, Meu Amor”, de Alain Resnais

A investigadora do ICNOVA  Cláudia Madeira modera na próxima quarta-feira, 4 de abril às 19h, no Espaço Nimas, em Lisboa, um debate tendo por base o filme “Hiroshima, Meu Amor”, de Alain Resnais (1959).  Os oradores convidados são António Pinto Ribeiro e Liliana Rosa. De acordo com o ciclo de cinema “Amor & Intimidade”, organizado pelo IHA, pretende-se proporcionar um espaço de debate, com críticos de cinema, escritores, artistas, psicanalistas, historiadores, antropólogos, sociólogos e outros, obras, clássicas e contemporâneas, sobre as relações entre “amor” e “intimidade”.

O filme dá conta da história amorosa entre Elle (Emmanuelle Riva), uma actriz francesa a fazer um filme anti-bélico em Hiroshima, e um arquitecto japonês (Eiji Okada). Apesar de serem casados e ambos terem consciência de que o romance está condenado, continuam a encontrar-se, unidos pela evocação de experiências, que estabelecem um contraste entre o passado e o presente. O filme é uma referência da nouvelle vague francesa e um marco na história do cinema. O argumento é da autoria da escritora Marguerite Duras.

 

2018-04-03T10:01:31+00:00Abril 3rd, 2018|Categories: ICNOVANotícias|