Carla Fernandes em conversa com artista João Penalva e coreógrafo Rui Lopes Graça no Mudam – Luxemburgo

A Prof. Carla Fernandes, coordenadora do projecto BlackBox Arts&Cognition[1], sediado na FCSH – ICNOVA, vai participar esta quarta-feira 12 de Setembro, numa conversa com o artista visual João Penalva e o coreógrafo Rui Lopes Graça no MUDAM – Museu de Arte Moderna Grand-Duc Jean[2], no Luxemburgo, a propósito da apresentação da peça “Quinze Bailarinos e Tempo Incerto” no Grand Théâtre da mesma
cidade.

Esta peça, produzida pela Companhia Nacional de Bailado em 2016, com direcção de João Penalva e coreografia de Rui Lopes Graça, constituiu o segundo estudo de caso do projecto BlackBox. A conversa será não só um momento de partilha das experiências de cada um neste processo colaborativo, mas também uma oportunidade da Prof. Carla Fernandes apresentar algumas das investigações levadas a cabo pelo projecto BlackBox, que se debruçaram na comunicação não verbal entre coreógrafo e bailarinos.

Esta conversa integra os eventos paralelos da exposição que o MUDAM dedica neste momento à obra de João Penalva e que termina já no
próximo domingo.

Mais informação sobre o evento aqui: http://www.mudam.lu/index.php?id=4013

Ensaio do espectáculo de dança QUINZE BAILARINOS E TEMPO INCERTO.

Ligações:[1] http://blackbox.fcsh.unl.pt/[2] http://www.mudam.lu/[3] http://www.cnb.pt/eventos/quinzebailarinosetempoincerto/

2018-09-10T22:01:26+00:00Setembro 10th, 2018|Categories: ICNOVANotícias|