Narrativas Afro-Europeias: Memória, Mediação, Imaginação – 10 abril NOVA FCSH

O ICNOVA promove, no dia 10 de abril (quarta-feira), a partir das 18h00, no Auditório 1 (torre B) da NOVA FCSH, mais um debate Narrativas Afro-Europeias, desta vez sobre”Memória, Mediação, Imaginação”. A sessão contará com a presença dos seguintes convidados: Ana Paula Tavares (Poetisa, investigadora no CLEPUL – UL), Diana Andringa (jornalista, investigadora, CES – UC), Dulce Maria Cardoso (Escritora), Margarida Calafate Ribeiro (Investigadora do CES – UC /Cátedra Eduardo Lourenço, Univ. de Bolonha) e Yara Monteiro (Escritora).

A Moderação estará a cargo de Maria Augusta Babo (Professora da NOVA FCSH – investigadora ICNOVA).

A emergência de uma pós-memória colonial e a reabertura dos seus arquivos é uma dimensão dos processos pós-coloniais da Europa, ocorrendo a par da emergência de novas narrativas, nomeadamente interculturais e afrodescendentes. Estes aspetos, de grande relevância para a reconstituição do espaço cultural, revelam a complexidade do pós-colonial e das suas co-existências: o aprofundamento da consciência histórica do colonialismo, o questionamento de várias mitologias nacionais e a necessidade de uma re-imaginação da identidade coletiva. A narrativa torna-se por isso um campo de batalha e de cerzimento – do reconto, das contra-narrativas e dos sonhos por inventar. Poderão diferentes histórias ser contadas num mesmo espaço? Qual o papel da literatura e dos relatos na mediação das várias dimensões da pós-colonialidade?

2020-04-06T22:14:08+00:00Abril 5th, 2019|Categories: #CAConferências, GI CM&A, ICNOVAEventos|