Teresa Sofia de Castro e Cristina Ponte assinam artigo na Revista Cocar

A edição especial N.7. Set./Dez./ 2019 da Revista Cocar, inclui um artigo de Teresa Sofia de Castro e Cristina Ponte, investigadoras do ICNOVA, intitulado Contar o tempo ou fazer com que o tempo conte? A perspectiva dos pais portugueses sobre tempo de tela no Dossier Crianças, mídias e mediações.

O artigo está disponível em Open access aqui.

Resumo

Tendo em conta a forte presença das telas – convergentes e ubíquas – na vida das famílias portuguesas com crianças, o artigo pretende refletir o problemático conceito ‘tempo de tela’ face às recentes recomendações da Associação Americana de Pediatria. Sendo o ‘tempo de tela’ uma preocupação frequentemente manifestada pelos pais, enquadramos o tema à luz de pesquisa recente e partimos das suas falas para uma análise temática, com base em entrevistas realizadas com 39 famílias. Os resultados, aqui sintetizados e analisados, revelam que o conceito ‘tempo de tela’ deve ter em conta os contextos familiares, a idade das crianças e as percepções dos pais. Este artigo pretende contribuir para a reflexão em torno desta problemática, sugerindo aos pais e educadores menor preocupação em contabilizar ao minuto o tempo de tela, mas que avaliem a qualidade desse tempo (conteúdos, tempo e interações) e que, sem alarmismo, se mantenham alertas a sinais de perigo que possam indiciar na criança desequilíbrios ao nível do sono, saúde física e emocional, vida social e escolar, ajustando as suas intervenções em conformidade.

Palavras-chave: Mediação parental, tempo de tela, crianças.

2020-03-27T16:52:08+00:00