O ódio saiu do armário

A GRANDE ILUSÃO

1 – o ódio saiu do armário

Numa longa investigação, a SIC mergulha nos meandros do Chega!, partido fundado por André Ventura, em abril de 2019.

O partido que se afirma antissistema chegou ao parlamento nas eleições legislativas de 2019. O deputado único foi eleito com 60 mil votos. O palco parlamentar deu a André Ventura a visibilidade que o líder do Chega! precisava para agregar descontentes. A subida do partido, refletida em todas as sondagens, transformou o Chega! num fenómeno político e social que despertou o interesse dos partidos congéneres europeus, como o francês  Rassemblement National, de Marine Le Pen, e a Lega, de Matteo Salvini.

Ao mesmo tempo que a retórica de André Ventura vai cativando hordas de desencantados, o crescimento descontrolado do Chega! trouxe para o partido uma camada de interesses obscuros, sem ideologia política, que viram no potencial de atração de Ventura uma forma fácil de se instalarem no poder. O discurso de Ventura, apontando o dedo a minorias desamparadas e socialmente irrelevantes, atraindo extremos radicais e saudosistas do antigo regime foi o mote que abriu as portas do Chega! a uns e a outros – aos simplesmente desencantados, aos radicais sem chão político e aos oportunistas e manipuladores.

Há de tudo isso no Chega! E essa prova começa a ser exibida já neste primeiro episódio.

André Ventura garantiu que iria excluir os extremistas, afirmou que iria travar os “abutres oportunistas”, mas não o fez. Precisou de assinar uma diretiva interna a mandar calar os insultos entre militantes, a calúnia, o ódio. É esse, todavia, o ambiente natural do Chega! Entre as demissões dos que já não se reveem e as expulsões, e suspensões, de todos aqueles que ferem o brilho da liderança de André ventura,  o Chega vai refletindo o oposto daquilo que o líder apregoa.

Ouvimos gravações clandestinas, falámos com dezenas de pessoas, confrontámos André Ventura e dirigentes de topo com o fruto da nossa investigação.

O resultado traduz-se em dois episódios. O primeiro (“o ódio saiu do armário”) será emitido a 5 de janeiro, o segundo (“cifrões e outros demónios”) a 11.

A Grande Ilusão é um projeto apoiado pela Bolsa de Jornalismo de Investigação da Fundação Calouste Gulbenkian. Em março serão emitidos o terceiro e o quarto episódios, onde faremos uma aproximação às realidades políticas vizinhas do Chega!. Estaremos em França, Itália e Espanha, para trabalharmos o Rassemblement National, a Lega e o VOX.

A Grande Ilusão resulta de uma parceira estabelecida entre a SIC e a NOVA FCSH e tem, igualmente, uma expressão online no site da SIC Notícias – Projeto “Extremos”

(https://sicnoticias.pt/especiais/extremos/2020-10-23-Extremos).

Reportagem – Pedro Coelho e José Silva (imagem); Edição de Imagem – Andrés Gutierrez; Grafismo – Marta Coelho; Produção – Diana Matias com Maria Rodrigues e Rita Murtinho (bolseiras); Coordenação – Amélia Moura Ramos; Direção – Ricardo Costa e Marta B. dos Reis.

2021-04-10T16:26:59+00:00