Nova publicação do ICNOVA: “Para uma história do jornalismo em Portugal — II”

Encontra-se disponível em acesso aberto a nova publicação da coleção do ICNOVA intitulada Para uma história do jornalismo em Portugal — II, coordenada por Carla Baptista (ICNOVA, NOVA FCSH), Jorge Pedro Sousa (ICNOVA, UFP) e Celiana Azevedo (ICNOVA, NOVA FCSH).

Esta publicação insere-se no âmbito do projeto com o mesmo título iniciado em 2019, financiado pela FCT. Os 28 capítulos traduzem parcialmente os trabalhos apresentados na II conferência internacional organizada pelo ICNOVA em outubro de 2020, em Lisboa. Dividido em nove partes, apresenta investigação desenvolvida em torno dos temas da história do jornalismo, história da imprensa, história das agências noticiosas, história do jornalismo iconográfico, do jornalismo radiofónico, do jornalismo televisivo, do ciberjornalismo e do jornalismo português no mundo. Com sede maioritariamente em Portugal, inclui também textos sobre jornais publicados em Macau e nos Estados Unidos. Do século XIX ao século XXI, aborda temas como a formação de jornalistas, as principais revistas de notícias durante os regimes monárquico, republicano e democrático, as condições jurídicas e políticas que envolvem a profissão de jornalista e múltiplos estudos de caso voltados para publicações ou protagonistas. Alguns textos estão alicerçados em problemáticas contemporâneas, como a fotografia digital, a experiência do ombudsmen na rádio pública e as práticas jornalísticas sensacionalistas nas televisões privadas. Este livro contribui para uma melhor compreensão de tendências e eventos históricos, envolvendo condições jurídicas, económicas, políticas e culturais que influenciam a produção e receção jornalística.”

2021-04-08T15:11:37+00:00