Ação de Formação sobre “Mulheres na política e nos media em tempos de pandemia” (18 de maio, 11h)

Realiza-se no dia 18 de maio, entre as 11h00 e as 13h00,  uma ação de formação sobre “Mulheres na política e nos media em tempos de pandemia”. Esta ação da responsabilidade de Maria José Mata (ESCS-IPL e ICNOVA) e Carla Martins (Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias e ICNOVA), é destinada a doutorandos e mestrandos, investigadores, jornalistas e outros interessados nas questões de género e media.

Total de formandos : 20 | Data para inscrições: 1 a 15 de maio
Data: 18 de maio, 11h
Inscrições em https://forms.gle/Z7aFe3pfgKSkoZnA6


Em Portugal, a luta contra a Covid-19 tem um forte traço feminino, considerando que as mulheres dominam as profissões ligadas à saúde e que duas mulheres se destacaram na gestão diária da crise pandémica, a diretora-geral da Saúde e a ministra da Saúde. Partindo da problematização académica sobre a triangulação entre media, política e género, pretende-se analisar como os media constroem o perfil político feminino. 

Com base em excertos de programas televisivos e peças noticiosas publicadas na imprensa, os participantes serão convidados a desenvolver um exercício coletivo de leitura e interpretação dos textos e das imagens com vista a decifrar os sentidos não manifestos construídos pelos media sobre o desempenho das mulheres que as protagonizam. Ter-se-ão como referência, para o efeito, instrumentos teóricos das teorias do jornalismo, da análise de discurso e da análise de imagens.

 

Carla Martins 
Licenciada e mestre em Filosofia, pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, e doutorada em Ciências da Comunicação, especialização em Media e Jornalismo, pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Integra os quadros da Entidade Reguladora para a Comunicação Social, desempenhando as funções de coordenadora da Unidade da Transparência dos Media. É professora das áreas de Comunicação e Jornalismo da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias. Investigadora do Instituto de Comunicação da Nova. Co-autora de Política no Feminino (2016) e autora de Mulheres, Liderança Política e Media (2015) e O Espaço Público em Hannah Arendt (2005).

 

Maria José Mata
Professora e Coordenadora do Curso de Mestrado em Jornalismo da Escola Superior de Comunicação Social (ESCS – iPL). Investigadora integrada do ICNOVA – Instituto de Comunicação da Nova. Doutorada em Ciências da Comunicação, variante de Estudos dos Media e do Jornalismo pela FCSH-UNL, investiga e leciona nas áreas das teorias, das práticas e da deontologia do jornalismo, com particular interesse pelas questões relacionadas com as práticas e as representações jornalísticas visuais.

2021-05-11T16:14:23+00:00