CfP: Conferência Internacional Fotografia e História | 15, 16 e 17 dez. 2021 (Funchal)

A Conferência Internacional Fotografia e História é uma iniciativa da Secretaria Regional de Turismo e Cultura e da Direção Regional da Cultura / Museu de Fotografia da Madeira – Atelier Vicente’s, e conta com a organização do ICNOVA – Instituto de Comunicação da Nova / Observatório EVAM e da Universidade da Madeira / Conselho de Cultura.

© Carlos Fotógrafo | 29-05-1974 | MFM-AV, Inv. CFF/201 Jornalists going through the files of the previous General Direc- tion of Security (former PIDE), Funchal.

Conferência Internacional Fotografia e História
15, 16 e 17 de dezembro de 2021 – FUNCHAL
Colégio dos Jesuítas – Universidade da Madeira (Uma)
Museu de Fotografia da Madeira – Atelier Vicente’s

A relação entre o medium fotográfico e a disciplina histórica tem sido, desde meados do século XIX, motivo de especulação teórica e fonte de analogias e aproximações. Mas o debate sobre o lugar das imagens na historiografia comporta igualmente inúmeras tensões e silêncios. Se pela sua reconhecida transparência e realismo a fotografia parece constituir-se como indício privilegiado, sendo frequentemente tomada como paradigmática do exercício do historiador, já pela sua fixidez e carácter fragmentário gerou muita desconfiança heurística ao longo de todo o século XX.

Tendo sido pensada, dominantemente, através da perspectiva utilitária do documento, a renovação que a imagem técnica traria à própria concepção da história parece ter permanecido bem aquém das possibilidades de contaminação antevistas por Walter Benjamin na década de 1930. Ao retomarmos hoje o debate em torno das fotografias, de seus usos sociais, da sua circulação num mundo de imagens e seus múltiplos sentidos para a história, procuramos colocar em questão noções como as de facto e acontecimento, visualidade e verdade, real e imaginário.

Neste sentido, o objetivo desta conferência é perspectivar o papel da fotografia em diferentes contextos – como o do arquivo institucional e pessoal, nas redes sociais, ou na prática artística -, enquanto meio potenciador da história, aqui entendida como narrativa que interpela a contemporaneidade a partir das evidências e regimes de pensamento e visualidade do passado.

Decorre até 1 de julho a chamada para propostas de apresentações com a duração de 20 minutos, quer de investigações e reflexões sobre a temática, quer de objetos artísticos ou práticas culturais, privilegiando-se uma abordagem interdisciplinar.

Contempla-se a programação de painéis presenciais e online.

Convidamos os participantes a considerar os seguintes eixos temáticos:

– A fotografia enquanto indício e evidência.
  Arquivos e a fonte iconográfica: contributos e problematizações para a história.
  Circulações e mobilizações das imagens: contributos para uma história local, em particular, da Macaronésia.
  Fotografias: a dupla dimensão objetual e imagética – desafios para a história.

– A fotografia enquanto modelo para a história na modernidade.
  Fotografia e história no pensamento de Walter Benjamin e seus contemporâneos.
  Imagem técnica e a disciplina da história em propostas historiográficas do século XX.
  Fotografia, memória e história: cruzamentos na era digital.

– A fotografia na era da pós-fotografia: disputas em torno da história.
  Os conceitos de facto, acontecimento, real e (pós) verdade a partir das imagens.
  O contributo dos estudos da memória e dos estudos visuais para o conceito de história.
  A mobilização da fotografia pela arte: sentidos e práticas de resistência ao negacionismo.

 

Formato e submissão das propostas

– Convidamos à submissão de propostas em português, inglês e espanhol para intervenções com o tempo máximo de 20 min de duração através de um documento Word (.docx):

a) Título da proposta e resumo de, no máximo, 400 palavras (excluindo referências), indicando se o orador pretende comparecer presencialmente ou participar via online;

b) O nome do autor, sua filiação, dados de contato (email e número de telefone) e nota biográfica de, no máximo, 200 palavras.

As propostas deverão ser enviadas para photographyhistoryconference@gmail.com até ao dia 1 de julho de 2021.

Os autores serão notificados até dia 15 de agosto de 2021 se as propostas foram aceites.

 Custo do registo

– Usual: 40€
– Estudantes (mediante comprovativo): 30€
– Participantes online: sem custos de registo.

 Comissão organizadora

Ana Gandum
ICNOVA – Instituto de Comunicação da Nova / EVAM

Isabel Stein
ICNOVA – Instituto de Comunicação da Nova /EVAM

Vítor Magalhães
Universidade da Madeira – Conselho de Cultura

Rita Rodrigues
Chefe de Divisão de Estudos do Património – Direção Geral da Cultura

Vítor Luís
Museu de Fotografia da Madeira – Atelier Vicente’s

Ana Lúcia Mandelli de Mariscar
Professora Universidade Federal de Santa Catarina / EVAM

Alzira Tude de Sá
Professora Universidade Federal da Bahia / ICNOVA / EVAM

Apoio científico

Margarida Medeiros
Professora Universidade Nova de Lisboa – FCSH / ICNOVA

Para mais informações e atualizações da conferência, visite o site
photographyhistoryconference.wordpress.com

Em caso de dúvidas, não hesite em contatar-nos para o email indicado para as submissões.

Datas importantes

– Data limite para as submissões: 1 de julho de 2021
– Notificação dos autores: 15 de agosto de 2021

Uma iniciativa de:

Secretaria Regional de Turismo e Cultura / Direção Regional de Cultura da Região Autónoma da Madeira – Governo Regional
Museu de Fotografia da Madeira – Atelier Vicente’s

Apoios:

ICNOVA – Instituto de Comunicação da Nova / NOVA FCSH
Observatório de Estudos Visuais e Arqueologia dos Media
Universidade da Madeira / Conselho de Cultura

2021-05-10T15:57:16+00:00