Presidência Trump e formação de opinião no Tweet

Com base numa análise sobre mais de três milhões de tweets, Ilo Aguiar, investigador do ICNOVA, Joseph Jai-sung Yoo (Universidade de Wisconsin, EUA) e Dhiraj Murthy (Universidade do Texas em Austin, TX, EUA) identificaram que bots, por um lado, e profissionais dos media tradicionais com viés de esquerda, por outro, foram os mais ativos formadores de opinião na rede Tweet no primeiro mês da presidência Trump, em 2017, um tempo marcado pelo tema da imigração. 

O artigo, Make Tweets Great Again: Who Are Opinion Leaders, and What Did They Tweet About Donald Trump?, foi publicado na Social Science Computer Review (SSCR). https://doi.org/10.1177/08944393211008859

2021-07-05T15:08:49+00:00