Mónica Calle: Entre a Luz e a Escuridão

António Figueiredo Marques publica o ensaio “Mónica Calle: Entre a Luz e a Escuridão” na plataforma Gerador. Continuando um estudo horizontal sobre a Casa Conveniente, o investigador do ICNOVA – Performance & Cognição e doutorando em Comunicação e Artes propõe uma reflexão sobre o mais recente espetáculo da companhia “O Escuro que Te Ilumina ou as Últimas Sete Palavras de Cristo” apresentado na Culturgest e em Almada. O trabalho explora as dimensões de superação da exaustão e a transcendência carnal. Disponível no Gerador.



2021-07-09T11:44:52+00:00