CultureMoves2018-12-15T21:58:09+00:00

CultureMoves

Coordenação nacional: Carla Fernandes (Black Box / ICNOVA) e Nuno Correia (NOVA FCT)
Financiamento: European Union | Connecting Europe Facility 2014-2020 – Telecommunications Sector (CEF Telecom)
Referência: Agreement INEA/CEF/ICT/A2017/1568369
Período:  Setembro 2018 – Fevereiro 2020
Website: https://culturemoves.eu/

O Laboratório BlackBox, do ICNOVA, é um dos parceiros de um projeto financiado ao abrigo do programa Connecting Europe Facility (CEF), da Comissão Europeia, que apoia iniciativas que contribuem para a conectividade entre infraestruturas digitais europeias.

Designado CultureMoves, o projecto pretende desenvolver uma série de ferramentas digitais que permitirão novas formas de envolvimento turístico e de recursos educacionais através da reutilização de conteúdos do programa Europeana, uma plataforma digital da Comissão Europeia para o património cultural, com especial enfoque nos conteúdos relacionados com dança e artes performativas.

A principal funcionalidade do CultureMoves será a reunião destes conteúdos já existentes, e de outros criados pelo próprio projecto, num único portal onde o utilizador se poderá registar e utilizar ferramentas para adicionar informação, criar novos materiais a partir dos já existentes e partilhar online as estórias produzidas.

Esta parceria no âmbito de dois grupos de investigação da NOVA (da FCSH e da FCT) será responsável pelo desenvolvimento da Creation Tool, uma aplicação de anotação em vídeo criada anteriormente para bailarinos e coreógrafos, que será expandida de modo a acomodar usos mais diversificados, nomeadamente nas áreas da educação e do turismo. A equipa responsável por essa tarefa é liderada pela Prof. Carla Fernandes, da NOVA FCSH, e pelo Professor Nuno Correia, da NOVA FCT.

CultureMoves é um consórcio da Fondazione Sistema Toscana, da Coventry University, da Universidade NOVA de Lisboa e da empresa alemã IN2 Digital Innovations GmbH, que coordena o projecto, e terá a duração de 2 anos, sendo previsível terminar em finais de 2020.