Cultura, Mediação e Artes​

Analisamos fenómenos culturais, no campo das ciências da comunicação, numa perspetiva crítica.

Perfil

Contribuímos para 4 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030.

Áreas de intervenção

Semióticas da cultura, textualidades e subjetividades

Pesquisa fundamental em comunicação, com foco nas relações entre as linguagens e a produção de subjetividades.

Património e humanidades digitais

Interseção entre os media digitais e os modos como, hoje, o património cultural deve ser pensado, exibido e trazido à sociedade através das novas mediações, tendo em conta a sustentabilidade social, ambiental e política.

Cultura contemporânea e tecnologia

Reflexão crítica e política, de cariz filosófico, sobre o papel das mediações na construção do presente e do futuro e o lugar da cibercultura.

Estudos artísticos e de cultura visual

agenda de investigação que pensa o lugar cultural, social, epistemológico e político da visualidade nas diversas sociedades, cruzando os estudos de género, os estudos pós-coloniais, a arqueologia dos media visuais, a teoria dos media e os estudos de memória.

Eco-media e novas epistemologias

Reflexão aplicada dos conceitos da Ecologia e dos Estudos Ecocríticos  aos media e aos sistemas sociais, culturais e artísticos nas suas múltiplas relações com os meios envolventes, investigando respostas aos desafios da transição sustentável.

Promovemos a produção de objetos críticos desafiando as fronteiras entre a arte a investigação.

“Defendemos a investigação pela prática e pela experimentação”

Teresa Flores, membro do GI Cultura, Mediação e Artes

Investigadores

Clique na fotografia de cada investigador para aceder a mais detalhes.

Ilda Teresa Castro
José Figueiredo Santos
Luís Mendonça
Maria Teresa Cruz
Coordenadora do GI Cultura, Mediação e Artes (CM&A)

Últimos artigos