Observatórios

Um olhar crítico sobre fenómenos contemporâneos, contribuindo para a sua desconstrução e uma melhor intervenção.

OBI.MEDIA - Observatório de Inovação nos Media

Criado em 2021, o Obi.Media analisa práticas de inovação narrativa, digital, social, inclusiva e financeira nos media e noutras indústrias culturais e criativas portuguesas, mas também obstáculos à sua concretização, com o objetivo de maximizar as condições para a inovação e criatividade, numa perspetiva responsável e sustentável. Está integrado no GI Media & Jornalismo, mas é transversal a todos os investigadores.

Coordenação: Dora Santos Silva

EVAM - Observatório em Estudos Visuais e Arqueologia dos Media

Integrado no GI Cultura, Mediação e Artes, o EVAM nasceu da necessidade de debater temáticas e assuntos ligados às áreas de investigação em estudos visuais dos doutorandos do ICNOVA da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade NOVA de Lisboa. O Observatório tem também como objetivo promover e partilhar investigações e trabalhos científicos e/ou artísticos com a restante comunidade académica bem como com todas as pessoas interessadas nesta área.

Coordenação: Margarida Medeiros

Observatório da Diversidade e do Pluralismo

Integrado no GI Media e Jornalismo, este observatório resulta de dois projetos: o DIVinTV – Televisão Pública e Diversidade em Portugal (2014) e o Media Pluralism Monitor, que procura analisar os diferentes ecossistemas dos sistemas de media, bem como as ameaças ao pluralismo e à liberdade de imprensa nos estados membros da União Europeia e em alguns países candidatos. O output regular do Observatório traduz-se na análise do caso português no relatório anual do Media Pluralism Monitor.

Observatório do Populismo do Séc. XXI

Este Observatório foi criado em 2020 pelas pesquisadoras Liziane Guazina (Universidade de Brasília), Isabel Ferin Cunha (Universidade de Coimbra/ICNOVA)  e Ana Cabrera (Universidade Nova de Lisboa/IHC) e o pesquisador Bruno Araújo (Universidade Federal do Mato Grosso). Compila, regista e aprecia criticamente fontes de informação e trabalhos académicos  sobre a temática, no âmbito de três linhas de investigação: populismo e pandemia, populismo e género, e populismo e media.

Coordenação (ICNOVA): Isabel Ferin